Fechar

Conheça 9 tendências de TI que estão impactando o mercado

Por Valenet
29 de maio de 2018

A tecnologia está mudando a forma como as empresas interagem com seu público e dialogam com o mercado. Por isso, separamos 9 tendências de TI para você ficar de olho.

Novas tecnologias surgem e, com elas, soluções preparadas para sacudir as empresas. Seja para estar à frente dos concorrentes ou impulsionar sua carreira profissional, é preciso acompanhar as tendências e estar preparado para as inovações.

Conheça algumas mudanças que estão mudando as estruturas do mercado:

1 – Internet das Coisas (IoT)

Uma das inovações mais comentadas dos últimos tempos, a Internet das Coisas, veio para mudar a forma como utilizamos os objetos à nossa volta.

Em um processo de troca de informações de diversas ordens, a Internet das Coisas, ou IoT, possibilita a comunicação entre os objetos. Com ela, os nossos dispositivos podem aprender as nossas preferências e automatizar processos.

Um ótimo exemplo são os ChatBots se comunicando com o banco de dados da empresa, entregando conteúdos personalizados para o cliente e atualizando eventos e reuniões diretamente no calendário do seu smartphone.

2 – Inteligência Artificial (AI)

A coleta e análise de dados nunca foi tão importante. Porém, com tanta informação à disposição, diminuir o tempo que se gasta nesses processos se mostra um dos grandes desafios atuais.

É nesse cenário que temos a inteligência artificial como uma solução promissora.

As empresas podem usar a AI para analisar dados rapidamente, testando possíveis cenários e cruzando referências. Tais práticas poderão identificar quais ações tomar para cada tipo de cliente e até mesmo prever resultados de campanha e comportamento do mercado, por meio do Machine Learning. Temos como exemplo as plataformas de CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente), que já são capazes de categorizar os clientes com base em sua taxa de interação com os e-mails enviados e mandar respostas automáticas.

Essa tendência de TI promete abrir espaços para novos profissionais, capazes de definir parâmetros e regras para a análise, ao direcionar o aprendizado e comportamento da inteligência artificial.

3 – Cloud e Edge Computing

Os objetos inteligentes já não são termos estranhos em nosso cotidiano. Com o seu avanço, a necessidade de melhor processamento e independência de rede deles aumenta.

A Edge Computing, ou computação de ponta, aparece como uma tendência que promete solucionar esse problema e complementar a Cloud, a tecnologia em nuvem. Ela se baseia no processamento, coleta e distribuição de dados diretamente nas fontes de informação, ou seja, nos próprios objetos.

Ao alinharmos essa tecnologia com o modelo orientado para serviços da nuvem, os nossos dispositivos serão capazes de funcionar de maneira mais estável e produtiva, armazenando e processando melhor os nossos dados, mesmo em processos distribuídos e desconectados.

4 – Mobilidade

O uso crescente da tecnologia em nuvem e dos dispositivos móveis fez com que trabalhar de qualquer lugar e em qualquer hora fosse uma realidade possível.

Com isso, os desenvolvedores de software são obrigados a ter uma abordagem multiplataforma, permitindo que a colaboração remota em projetos se torne rotina nas empresas, por meio de plataformas como o Google Drive e o Taskworld.

5 – Big Data

A capacidade de se coletar dados fez com que as empresas acumulassem um grande volume de informação, estruturada ou não, o Big Data. Esse termo é usado para determinar a variedade de dados coletados pelas empresas em todos os seus processos.

Cadastros, preferências de compra, rotas frequentes e até mesmo repetições de termos em plataforma de conversação, aliadas às outras tendências de TI presentes aqui, podem levar a insights preciosos, como a identificação de hábitos de compra, falhas de processos, entre vários outros.

6 – Segurança da informação

Com a relação cada vez mais próxima entre pessoas e dispositivos, além do grande volume de armazenamento na nuvem, questões como a segurança da informação nunca foram tão discutidas.

Softwares menores podem ser usados como porta de acesso para a obtenção de dados mais sensíveis. Por isso, é necessário investir em ferramentas cibernéticas mais efetivas para evitar ameaças.

Para que as empresas permaneçam seguras, é recomendado que os gestores de TI invistam em uma análise contínua de risco e confiança, método conhecido como CARTA, sigla para Continuous Adaptive Risk and Trust Assessment.

7 – Crescimento do eSports

O eSports já se popularizou no mundo e promete crescer ainda mais, envolvendo empresas de tecnologia e franquias famosas em diversos esportes. Hoje, existem campeonatos totalmente virtuais, que movem milhões em patrocínios e prêmios.

O mercado gamer, por conta de suas inovações, já influencia os esportes tradicionais. O uso da tecnologia em esportes, como o futebol e o vôlei, já colaborou para digitalizar alguns processos com o objetivo de melhorar o desempenho, a imparcialidade e criar novas experiências para o público.

8 – Plataformas de conversação

As plataformas de conversação são uma das tendências mais promissoras no universo da tecnologia.

Elas são capazes de sugerir conteúdo e informações de forma personalizada, facilitando e melhorando a interação do usuário no mundo digital, que não precisa mais procurar formas de se fazer entender. A responsabilidade de traduzir as intenções de uma mensagem passará do usuário para o computador.

O Facebook Bots for Messenger, por exemplo, já permite automatizar e personalizar diversas tarefas dentro do chat da rede social. As principais funcionalidades são os modelos genéricos de mensagens e a capacidade de personalizar a tela de boas-vindas que os usuários vêem quando interagem com o bot.

9 – Gêmeo Digital

Manter o seu modelo de produção ou testar inovações em seus processos? Com o Gêmeo Digital, essa não vai ser mais uma questão tão arriscada.

Os Gêmeos Digitais são cópias digitais exatas dos processos de produção, montados em softwares especializados que podem atribuir funções de aprendizado e evolução. Com eles, é possível testar alterações nos processos sem prejudicar a sua produção real, implementando apenas as ideias que derem certo.

Estar a par dessas tendências de TI é um passo essencial para as empresas e profissionais que querem liderar o mercado. Com soluções cada vez mais integradas e digitais, as possibilidades de previsão e comunicação são enormes.

Compartilhe este texto com quem também gosta e vê a importância de estar conectado!