Fechar

Transformação Digital: você sabe o que é a Internet das Coisas?

Por Valenet
2 de maio de 2018

A Internet das Coisas, ou IoT, pode ser definida como a comunicação máquina a máquina (M2M) via Internet, ou seja, o processo de comunicação entre os seus objetos.

Sim, é isso mesmo. A IoT possibilita que os seus objetos se comuniquem!

Em um processo de troca de informações de diversas ordens, ela permite que bens de consumo, como calçados, roupas, carros ou até cidades inteiras, possam compartilhar dados para facilitar processos, concluir tarefas de forma otimizada e aprender com os usuários.

Esse processo se dá por meio de sensores RFID (sensores de identificação por rádio frequência) que emitem e recebem sinais dos objetos gerando uma grande quantidade de dados. Com eles, a conversa começa e as possibilidades você confere abaixo.

5 aplicações da Internet das Coisas

Essa tecnologia já está presente em nosso cotidiano e vem facilitando a vida de muita gente. Veja 5 exemplos de como a IoT está otimizando nossas atividades:

1. Sua casa inteligente

Ter a sua casa trabalhando para você já é uma realidade. Com um sistema de monitoramento integrado é possível automatizar, com base no seu histórico de preferência, a temperatura, a luminosidade da casa e até uma música para que você seja recepcionado com sua canção de preferência.

2. O seu trabalho mais produtivo

A Internet das Coisas está realmente revolucionando o mercado. Com ela, os dispositivos poderão adquirir a capacidade de se autogerir, a partir das informações coletadas, automatizando processos que tomam seu tempo e diminuem sua produtividade. Os ChatBots, por exemplo, podem se comunicar com seu banco de dados para usar a melhor linguagem para cada tipo de cliente.

3. Automóveis mais seguros

Os carros já conseguem nos ajudar a estacionar, nos auxiliar na direção e, no futuro, serão capazes de se autodirigir. Com o auxílio de sensores de movimento, geolocalização e a capacidade de aprendizado, esse futuro está bem próximo.

Observando uma realidade ainda mais próxima, temos facilidades no setor logístico que vão ajudar muito os esquecidos. Sensores que acompanham o desempenho dos veículos podem avisar sobre manutenções preventivas e conectar-se ao seu GPS para mostrar os postos com a gasolina mais barata nas proximidades quando seu tanque estiver perto de esvaziar.

4. Cidades inteligentes

Poupar dinheiro e tornar a cidade mais segura e limpa. Essas são algumas das possibilidades da IoT para as cidades. Lixeiras que avisam ao caminhão de coleta quando estão cheias, dados de sensores em bueiros que norteiam a limpeza das ruas e dos sistemas de drenagem, semáforos de trânsito capazes de aprender e otimizar atividades e muito mais. Quanto mais dispositivos se comunicando, melhor pode ser a vida dos cidadãos.

5. Lazer

Final de semana, churrasco, piscina e… ué, cadê a cerveja? Com a IoT, a sua despensa e geladeira podem se comunicar com os supermercados, automatizando compras de produtos que estão acabando e mandando a entrega direto para a sua casa.

Quem está apostando nessa tecnologia

Com tantas aplicabilidades para a IoT, as empresas estão investindo bastante nesse mercado principalmente com dispositivos ativados por voz, como a Alexa da Amazon, o HomePod da Apple e o Google Home do grande site de buscas. E claro, os Wearables, os famosos dispositivos para uso diário, como óculos e relógios.

O futuro da IoT

A IoT veio para ficar e vai proporcionar ainda mais mudanças na nossa vida e no mercado. Em pesquisa da Gartner, estima-se que a Internet das Coisas incluirá 26 bilhões de unidades instaladas até 2020, conectando muito mais dispositivos a nossa volta.

Com tantas mudanças, é preciso acompanhar as tendências de perto. A Internet das Coisas já é uma realidade e existem vários dispositivos que podem começar a facilitar a sua vida.

Agora que você sabe o que é a Internet das Coisas e está pronto para o futuro desse mercado, compartilhe em suas redes sociais e ajude os seus amigos a permanecerem conectados.