5 dicas para abrir uma empresa MEI e formalizar seu negócio

8 minutos para ler
e-book guia wifiPowered by Rock Convert

Abrir uma empresa MEI é uma das principais formas de começar no empreendedorismo. Esse programa ajuda o empreendedor a formalizar seu negócio e atuar de maneira legalizada. 

Ainda que essa oportunidade esteja acessível, há muitos autônomos com dúvidas se devem ser ou não ser um Microempreendedor Individual (MEI). Por isso, preparamos esse conteúdo para te ajudar a entender mais sobre essa modalidade e porquê essa opção é vantajosa para você. 

O que é MEI?

Trata-se da maneira mais popular para empreender no Brasil. O regime tributário permite que uma pessoa possa trabalhar por conta própria, pagando seus devidos impostos e com direito a benefícios previdenciários. 

Um dos grandes atrativos do MEI é formalizar a atividade profissional com muita facilidade e sem excesso de burocracia. Ao entrar no Portal do Empreendedor, é possível sair com um CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) em menos de 15 minutos.

Após fazer o seu cadastro no site, você consegue um alvará de funcionamento de três meses. Então, durante esse período, é importante ir até à prefeitura da sua cidade e retirar o alvará permanente. O processo muda de acordo com a região, mas, geralmente, o documento sai rapidamente. 

Quando se abre uma empresa MEI, sua atividade profissional é legalizada. Logo, isso é uma oportunidade para atrair mais clientes. O que é válido, em especial, para empresas que pedem nota fiscal durante suas compras, aumentando as chances de fazer vendas online.  

Vídeo: Sebrae. Disponível em 22 de junho de 2018, no canal oficial do Sebrae.

Quais são os benefícios do MEI?

Ao se legalizar por meio do MEI, você tem acesso a muitos direitos. Apesar de ter uma cobrança mensal, hoje, o valor está abaixo de R$ 60,00 reais. Essa carga tributária permite o acesso à Previdência Social com benefícios como:

  • Auxílio-doença;
  • Licença Maternidade;
  • Pensão por morte; 
  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por invalidez. 

Seja um trabalho em campo ou home office, os direitos são os mesmos. Além disso, a legalização oferece muitas vantagens para o empreendedor, que finalmente pode transformar sua fonte de renda em uma empresa reconhecida. 

Dessa forma, o MEI participa do Simples Nacional, o Sistema de Tributação Simplificada. Logo, o Microempreendedor Individual pode pagar seus impostos em apenas uma guia de arrecadação mensal, o que traz mais praticidade na rotina. 

Outra vantagem de legalizar o seu negócio é poder ter um funcionário contratado. Para isso, é importante que ele receba um salário mínimo ou o valor geral da categoria. Assim, essa pessoa também estará trabalhando de forma legalizada. Fora que com mais mão de obra, você pode melhorar o atendimento ao cliente.

Vale a pena formalizar um negócio inicial?

Sim, ainda mais quando está no começo. Além de contar com as vantagens de uma empresa, também é possível potencializar sua capacidade de vendas. 

Assim, você se prepara para a Transformação Digital, ampliando seus recursos para atendimento, ou seja, ter o seu próprio CNPJ é uma forma de mostrar para seus clientes que o seu trabalho é confiável. 

Além disso, essa formalização permite que você emita nota fiscal. Desse modo, pode fazer vendas para empresas de diversos tamanhos e, até mesmo, no Instagram de forma profissional

O próprio Governo Federal incentiva às microempresas a sempre se formalizarem. Por isso, todo o processo para abrir uma empresa MEI é simples, descomplicado e de baixo custo. 

Benefícios de ser MEI

Veja alguns ganhos de se tornar Microempreendedor Individual:

  • ter o seu CNPJ;
  • poder fazer vendas para o governo;
  • facilidade ao crédito bancário;
  • abrir uma conta PJ;
  • emitir Nota Fiscal;
  • pagar baixo custo de tributos mensais;
  • ter apoio do Sebrae;
  • conseguir direitos previdenciários.

Agora que você já tem uma visão geral das vantagens de abrir empresa MEI, acompanhe em detalhes mais 5 dicas para você formalizar o seu negócio definitivamente. 

5 dicas para abrir uma empresa MEI

Se até aqui você ainda não tem certeza se deve ser um Microempreendedor Individual, entender esses 5 dicas será de grande ajuda. Por isso, acompanhe! 

e-book netflixPowered by Rock Convert

1. Pouca burocracia para abrir empresa MEI

Se você imagina que começar a sua empresa é algo complicado, o MEI veio para mudar isso. O principal objetivo dessa categoria é permitir que o empreendedor iniciante consiga emitir nota fiscal e dispor de um CNPJ. 

Assim, o programa torna todo o processo burocrático algo mais fácil, permitindo que você saia com sua documentação de empresário na hora. Basta fazer o cadastro acessando o Portal do Empreendedor. 

Na plataforma, é preciso preencher sua inscrição para MEI apenas informando seus dados pessoais. A melhor parte é que todo o processo é gratuito. Logo, você não terá custos para abrir sua empresa. 

2. Pagamento de apenas uma taxa tributária mensal

Se você acredita que uma empresa gera muitos gastos com pagamento de tributos, como MEI, isso não será um problema. Uma vez que há a redução de custos e taxas, além de isenção de impostos federais. 

Logo, o MEI paga um valor simbólico ao município, sendo R$ 5,00 para ISS (Imposto Sobre Serviços). Já para o estado, você contribui com R$ 1,00 para cobrir o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias). 

Além desses valores, o empreendedor paga 5% sobre o salário-mínimo todo o mês. Essa contribuição é destinada para o INSS e garante os benefícios previdenciários já mencionados. Todas essas taxas são debitadas apenas com uma guia, o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). 

3. Não sofre com formalidades contábeis e fiscais 

Até aqui, vimos que o Microempreendedor tem a facilidade para abrir empresa MEI e se manter mensalmente. Além disso, você também não precisa enfrentar dificuldades para a escrituração fiscal e contábil. 

Essas formalidades são exigidas de empresas de maior porte. Já o MEI apenas deve comprovar que seu faturamento anual não é superior a R$ 81 mil. Isso é feito com seu registro de prestação de serviços ou vendas. 

Então, o pequeno empresário deve entregar ao Fisco somente o DASN-Simei por ano. Trata-se de uma declaração que pode ser acessada pelo Portal do Empreendedor e o seu prazo de entrega é até o dia 31 de maio, anualmente. 

4. Obtenção de crédito com mais facilidade

Diversos bancos apresentam linhas de crédito e condições facilitadas para o Microempreendedor Individual. Nessa modalidade, também é possível contar com taxas de juros e tarifas menores, além de outras formas de financiamento atrativas. 

Portanto, com suas informações financeiras em dia, você tem acesso a empréstimos com um custo menor. Essa injeção de capital pode ser o que sua empresa precisa para decolar. 

O empreendedor também tem direito a uma conta como PJ (Pessoa Jurídica). Esse detalhe ajuda a separar os ganhos do empresário e o faturamento da empresa. Assim, é possível fazer uma gestão de empresa melhor e ter mais organização das finanças, o que será ótimo para o crescimento do negócio. 

5. Contratação de um funcionário para ajudar na empresa

Ainda que o nome “individual” esteja na sigla do MEI, esse profissional pode registrar um funcionário com toda a legalidade. Para isso, é importante destacar que o trabalhador contratado deve ganhar, ao menos, um salário mínimo. 

Assim, você pode crescer sua mão de obra, permitindo que sua empresa atenda mais pessoas. Ainda, quando as demandas aumentarem, isso será um passo natural para o seu negócio. 

Logo, ao fazer essa contratação, o MEI contribui com 3% para a Previdência Social e 8% sobre o valor do salário mínimo como FGTS mensalmente. Já o empregado realiza a contribuição de 8% de seu salário também para a Previdência. 

Agora você já sabe das diversas vantagens de formalizar o seu negócio. Com essas 5 dicas para abrir empresa MEI e conhecendo a facilidade dos detalhes fiscais, já não terá dúvidas sobre a legalização da sua empresa.

Então, pretende formalizar seu negócio ainda esse ano? Deixe nos comentários qual dessas dicas foi o principal para você tomar essa decisão.

ebook_conheçaavalenetPowered by Rock Convert
Posts relacionados