fbpx

Você sabe o que é modem de internet? Descubra isso e muito mais!

7 minutos para ler

Embora a caixinha com luzes piscando já seja um item comum nas residências, as pessoas ainda têm muitas dúvidas sobre o funcionamento do modem de internet.

Você já deve saber que ele é essencial para navegar em sites, usar aplicativos e curtir as redes sociais. Mas como esse dispositivo realmente funciona e quais as diferenças entre ele e os roteadores, ONUs e redes MESH?

Para esclarecer essas e várias outras dúvidas sobre o assunto, nossa equipe preparou um conteúdo especial com tudo o que você precisa saber para desfrutar de uma internet de alta qualidade! Continue conosco para conferir!

O que é um modem de internet e qual a sua função?

Por definição, o modem é o aparelho que converte uma ligação de entrada (que pode ser um cabo coaxial, linha telefônica ou fibra óptica) em uma ligação do tipo Ethernet ― que permite a transferência de dados via cabo com um computador ou uma SmarTV, por exemplo.

Em outras palavras, a função dessa “caixinha” é transformar o sinal disponibilizado pelo fornecedor de internet em um sinal compatível com os aparelhos que você tem em sua casa. Ou seja: sem modem, sem internet!

A função desse aparelho, porém, mudou bastante com o passar dos anos, especialmente com a chegada das redes sem fio (Wi-Fi) e a popularização de tecnologias de conexão à internet mais robustas, como a fibra óptica.

Como esses dispositivos evoluíram ao longo do tempo?

Se no início da internet banda larga o modem era o protagonista nas instalações corporativas e residenciais, com a chegada do Wi-Fi, foram os roteadores que passaram a ser o centro das atenções dos consumidores.

Enquanto o modem cumpre o seu papel de converter o sinal da rede externa em uma conexão compatível com os nossos equipamentos digitais, o roteador codifica esse sinal e o emite por meio de ondas de rádio.

É esse princípio que nos permite acessar a internet nos dispositivos móveis sem precisar esticar cabos, como no passado. A praticidade, porém, acabou incentivando más práticas, como o compartilhamento de internet entre vizinhos e o roubo de senhas.

Para facilitar ainda mais a vida dos consumidores, os aparelhos mais modernos passaram a unir as duas funções em um só dispositivo, mas isso é apenas a ponta do iceberg. Atualmente, com a expansão do acesso por fibra óptica, novas tecnologias, como os ONUs e as redes MESH, tornam-se cada dia mais populares.

Qual é a diferença entre modem, ONU e rede MESH?

Os chamados ONUs (Optical Network Unit ou Unidade de Rede Óptica, em português) têm função semelhante aos modens comuns. No caso, eles são responsáveis por converter o sinal enviado pela fibra óptica (que, basicamente, são pulsos de luz) em uma conexão Ethernet padrão.

Tal como os modens Wi-Fi, existem ONUs que reúnem as duas funções no mesmo equipamento, simplificando a instalação. No entanto, a opção convencional (com os dispositivos separados) continua sendo muito procurada, especialmente por aqueles que desejam investir em roteadores de alto desempenho.

A fibra óptica viabiliza o acesso à internet em altíssima velocidade, o que exige roteadores especiais capazes de transmitir a informação com boa abrangência e rapidez. Em muitos casos, no entanto, os tradicionais repetidores de sinal não são o suficiente, especialmente quando desejamos ter uma ampla cobertura de sinal com qualidade equivalente.

É ai que entram as redes MESH (ou “em malha”) que usam roteadores especiais instalados em diferentes pontos da instalação. Além de aumentar a cobertura, esses “nós”, como são chamados, são capazes de “distribuir” o sinal de maneira inteligente, isso é, focando o sinal nas áreas onde há maior demanda.

Como escolher o plano de internet ideal?

Agora que você sabe como funciona uma instalação de internet e quais os componentes básicos dessa infraestrutura, fica mais fácil escolher um plano de internet. Antes de tudo, porém, o que você precisa ter em mente é que o serviço ideal é aquele que atende a todas às suas necessidades — o que pode variar de consumidor para consumidor.

Como você pôde entender, a internet não é a única variável que se deve levar em consideração ao contratar uma provedora de internet. Embora, na atualidade, a conexão por fibra óptica seja considerada a melhor escolha em todos os casos, seja pelas opções de plano mais vantajosas, seja pela qualidade da navegação.

De qualquer modo, antes de contatar qualquer empresa, lembre-se de levar em conta as seguintes considerações.

Qual é a minha verdadeira demanda por internet?

Observe que a nossa demanda por internet está aumentando rapidamente com o passar dos anos. Isso é um reflexo de vários fatores: as mídias sociais, que concentram seu conteúdo cada vez mais em vídeos, a chegada de novos dispositivos conectáveis, como TVs, geladeiras e sistemas de iluminação inteligentes, além do recente crescimento do trabalho remoto.

Diversos dispositivos analógicos ao seu redor podem se tornar “inteligentes” nos próximos anos. Sendo assim, é importante escolher um serviço de internet que lhe atenda bem no presente, mas que também garanta que você não ficará para trás nessa grande corrida tecnológica.

Com quantas pessoas dividirei a minha conexão?

A quantidade de dados que transmitimos por meio da rede é enorme, e a expectativa é que esses números continuem a crescer. Não apenas devido ao maior uso, mas também ao desenvolvimento de tecnologias inovadoras, como a Inteligência Artificial (cada vez mais comum em nossos aparelhos).

A questão é que de nada adianta ter uma internet veloz com uma instalação que deixa a desejar. Se você compartilha a sua conexão com muitas pessoas ou conta com muitos dispositivos Wi-Fi espalhados em muitos pontos diferentes da sua empresa ou casa, o investimento em uma rede MESH fará com que você desfrute do seu plano ao máximo.

Que outros serviços de telecomunicação são relevantes para mim?

Nem só de internet vivem as pessoas. Outros serviços, como TV por assinatura ou linha telefônica ― fundamental em estabelecimentos comerciais ― podem ser contratados junto à internet. Dessa forma, simplificam-se a instalação e o atendimento, além de obter preços e condições muito mais vantajosas do que você teria contratando os produtos separadamente.

Embora nem todos tenham se dado conta, nós já vivem em um mundo hiperconectado e ficar de fora desse grande universo de informações já não é mais uma opção. Seja para se manter produtivo no trabalho, seja para descansar e curtir com a família, estar conectado é essencial.

Entender como toda essa tecnologia tão importante para o nosso dia a dia funciona é o primeiro passo para fazer a escolha certa na hora de contratar um plano. Depois disso, resta escolher uma empresa de confiança para não ter dor de cabeça no futuro.

Agora que você sabe tudo sobre modem de internet, ONU e redes MESH, não deixe de conferir os planos e condições exclusivas da Valenet!

ebook_conheçaavalenetPowered by Rock Convert
Posts relacionados