fbpx

Será que o repetidor de sinal Wi-Fi vale a pena? A Valenet explica!

6 minutos para ler
e-book guia wifiPowered by Rock Convert

Você precisa de internet rápida para assistir às suas séries preferidas (sem travamentos), mas o modem Wi-Fi fica na sala, e o desempenho no quarto não é lá essas coisas? E o que dizer de quem quer aprimorar a experiência gráfica em seus jogos favoritos, mas não consegue por causa das paredes de casa, que bloqueiam e enfraquecem a conexão? Está pensando em colocar um repetidor de sinal Wi-Fi?

De fato, uma solução muito comum é recorrer aos repetidores, aqueles pequenos aparelhos que recebem o sinal de internet e o espalham. Eles fazem com que os efeitos da tecnologia wireless funcionem de forma mais eficiente em mais cômodos da casa.

Mas será que comprar um repetidor de sinal Wi-Fi vale a pena? Esse equipamento garante ultravelocidade e dá conta de inúmeras pessoas usando a web ao mesmo tempo? Vamos conferir as respostas para essas perguntas agora!

O que é um repetidor de sinal Wi-Fi?

Um repetidor tem a função de repetir o sinal de internet em uma rede doméstica. O funcionamento é bastante simples: o repetidor capta o sinal e o amplifica, de modo a estender o raio de ação do Wi-Fi a diversos ambientes da casa.

É importante lembrar, entretanto, que o repetidor não aumenta a velocidade da internet, apenas amplifica o sinal existente. Além disso, embora seja perfeitamente possível que repetidores da marca “A” trabalhem na comunicação com roteadores da marca “B”, geralmente, o uso de equipamentos de mesma marca entrega melhor desempenho.

Quais são as diferenças entre modem com roteador e repetidor de sinal?

Só para deixar claro alguns termos que podem causar confusão: modem é um aparelho que converte o sinal e permite o acesso à internet — apenas para dispositivos conectados por fios; já o roteador entrega o sinal pelo ar, sem necessidade de cabeamentos. Além disso, diferentemente do modem tradicional, o roteador permite o uso do sinal por mais de um dispositivo.

Ao longo dos anos, muitos provedores de internet passaram a instalar nas residências os chamados modens Wi-Fi, ou seja, um modem mais moderno, que é modem + roteador ao mesmo tempo. Aqui, portanto, vale a dica: na hora de escolher seu combo de TV por assinatura, internet banda larga e telefone fixo, questione qual tipo de aparelho será instalado para transmissão do sinal.

Pois bem, a diferença fundamental entre os repetidores e esses modens com função de roteador (instalados pela operadora) é que este último encaminha e organiza os pacotes de dados existentes, enquanto o primeiro apenas capta esse sinal e o retransmite.

Quais são as vantagens de ter um repetidor de sinal Wi-Fi?

Existem vantagens e desvantagens de optar por um repetidor para combater a internet lenta nos cômodos mais afastados de seu modem. Vamos falar das vantagens.

Redução de custos

Um repetidor é mais barato do que os instrumentos mais modernos (mas também mais eficientes), como o roteador mesh (que veremos abaixo). O powerline (uma espécie mais atualizada de repetidor, que transmite dados pela rede elétrica) também traz resultados melhores, mas tem custo elevado.

O repetidor de sinal Wi-Fi tradicional, portanto, é o dispositivo mais em conta para quem quer solução rápida sem desembolsar muito (pode ser encontrado no e-commerce a partir de R$ 100).

Funcionalidade

A instalação do repetidor é rápida e, com algum conhecimento básico de redes, permite a configuração em apenas alguns minutos. A ausência da passagem de cabos também facilita muito o processo de implementação.

plano de internetPowered by Rock Convert

Flexibilidade

Quando bem configurado e dentro do raio máximo de expansão, o repetidor pode entregar performance interessante para todos os tipos de dispositivos, de smartphones a PCs. Se seu Wi-Fi não funciona, e você não quer gastar muito, pode pensar nesse pequeno aparelho.

Existem desvantagens no uso de um repetidor de sinal Wi-Fi?

O repetidor é a solução mais óbvia, mas nem sempre funciona como o esperado. Não é incomum ouvir relatos de quem gastou dinheiro no aparelhinho, mas, ao instalá-lo, verificou que o resultado não foi grande coisa. É que o repetidor pode trazer algumas ineficiências.

A primeira delas é transmitir sinal na mesma frequência que o roteador, o que, no mínimo, dobra o índice de ruído em sua rede, ou seja, uma amplificação que está garantida é a da interferência.

Outra questão é que, como o repetidor é o intermediário entre dois equipamentos (roteador e dispositivo), as velocidades de download e de upload podem sofrer reduções bastante perceptíveis.

Foi como consequência das imperfeições dessa solução que a roda ininterrupta da modernidade tecnológica trouxe ao mercado um equipamento mais eficiente, o chamado roteador mesh.

Qual é a diferença entre repetidor de sinal Wi-Fi e roteador mesh?

Os repetidores Wi-Fi apenas replicam o sinal dentro de um ambiente (mais estático), enquanto os sistemas mesh possuem um conjunto de especificações técnicas para que toda a comunicação entre mais de um ponto de Wi-Fi possa ocorrer de forma otimizada.

O roteador mesh é uma espécie de filho evoluído dos antigos repetidores. Primeiramente, porque os modernos aparelhos (que vêm sempre em kits com mais de uma unidade) trabalham em dual band, ou seja, 2,4 Ghz e 5,0 Ghz (enquanto nem todos os repetidores atuam nessas duas faixas).

Além disso, a rede expansiva criada por esses dispositivos inteligentes capta as configurações ideais, mudando de frequência automaticamente (o mesmo automatismo também ocorre na troca da unidade, ou seja, o ramal melhor posicionado transmite o sinal). Um repetidor não traz essa autonomia.

Os roteadores mesh também são de mais fácil configuração. O resultado de todas essas características é uma melhor performance em diversos pontos da casa. Vale lembrar que, em muitos casos, o simples ato de ligar um repetidor derruba a largura de banda à metade — a partir de determinadas distâncias.

De qualquer forma, melhor do que fazer toda essa engenharia é escolher um combo de internet, TV e telefone em vez de planos isolados. O combo derruba o custo médio de cada produto e, com isso, libera espaço no orçamento para contratar um plano de banda larga de alta velocidade e mediante fibra óptica (que, muitas vezes, dispensa qualquer outra instalação).

Esperemos que este artigo tenha solucionado o que é repetidor de sinal Wi-Fi, como funciona, suas vantagens e desvantagens, assim como as diferenças em relação aos sistemas mesh.

Quer saber mais sobre configuração de internet rápida? Então, leia nosso artigo sobre ponto fixo de internet e Wi-Fi e saiba qual é a melhor solução! Boa leitura!

ebook_conheçaavalenetPowered by Rock Convert
Posts relacionados