fbpx

Descubra como saber se um site é confiável para comprar online

7 minutos para ler
e-book guia wifiPowered by Rock Convert

Na última década, com a popularização dos smartphones e da internet de banda larga, comprar online se transforma, cada dia mais, em um hábito do consumidor brasileiro. Desde que a compra seja em um site confiável, claro!

Segundo estudo coordenado pelo professor Fernando Meirelles da Fundação Getúlio Vargas (FGV), atualmente, são cerca de 424 milhões de dispositivos virtuais em uso no Brasil.

Ao mesmo tempo, o volume de consumidores pela internet, que já era grande, ficou ainda maior. O primeiro semestre de 2020, em comparação com o semestre do ano anterior, teve um aumento de 47% no faturamento das lojas virtuais. Nesse mesmo ano, o montante de vendas alcançou 38,8 bilhões contra os 26,4 bilhões de reais do ano de 2019. Isso só no primeiro semestre!

Ainda está inseguro? Então aí vai mais um dado: conforme a pesquisa realizada pela Ebit/Nielsen, a população consumidora ativa do comércio eletrônico no Brasil chega a 41 milhões de pessoas.

Mas, claro, antes de adquirir algum produto, alguns passos são fundamentais para garantir sua segurança na internet. Elencamos aqui os principais para que você não tenha por prejuízo. Confira nossas dicas a seguir!

Conheça o seu inimigo

Em primeiro lugar, é importante saber um pouco sobre como hackers e golpistas atuam e qual ferramenta utilizam na hora de fraudar uma compra.

O ataque mais comum é por meio do encaminhamento de links desconhecidos. Isso ocorre por meio de e-mail ou de redes sociais, como WhatsApp, Messenger, Instagram ou outros aplicativos de comunicação e interação social.

Em geral, essas mensagens ou e-mails vêm com uma faixada que remete a uma promoção de empresa famosa, a um sorteio ou até mesmo a um suposto admirador ou suposta admiradora secreta. O objetivo desses envios, conhecidos como phishing, é sempre atacar onde o usuário é mais vulnerável.

No entanto, a fraude é revelada a partir do momento em que você ou algum outro usuário acessa o link sugerido pela mensagem.

Veja os 11 pilares de uma compra segura

Fique alerta e confira cada um dos procedimentos a seguir antes de clicar em qualquer link e antes, sobretudo, de realizar uma compra!

1.   Confira o domínio do link

É muito importante conferir sempre o domínio do link e o host. O domínio do link é o endereço principal de um site, por exemplo: “google.com.br” ou “facebook.com.br”. Se estiver escrito de outro modo é porque ele é fake, como os exemplos a seguir: “f4cebook.com.br” ou “go0gle.com.br”.

Essa estratégia de fraude é conhecida como golpe homográfico (homo = igual, gráfico = registro, grafia). Ela consiste em registrar domínios muito parecidos com os originais. Como estamos sempre muito apressados, o golpista aposta no click desatento e na ansiedade do navegante.

Inclusive, assim como a verificação do domínio, é interessante também averiguar o término do endereço ou o host, por exemplo: o “.com.br” é mais confiável do que “.se”.

2.   Utilize o pesquisador WHOIS

O buscador WHOIS (que significa “quem é?” em inglês) é um site confiável e capaz de informar o CPF, o CNPJ, o nome, assim como outros dados pessoais do proprietário da página virtual.

Caso o site pesquisado não apareça no WHOIS, o dono da página provavelmente não atende à regulamentação da internet e à lei do e-commerce, decreto n.º 7.962/2013.

O segundo artigo desse decreto obriga o proprietário de um domínio específico a disponibilizar os dados formais da pessoa jurídica no endereço eletrônico da empresa. Portanto, sempre confira esses dados antes de realizar qualquer compra.

3.   Verifique o WOT (Web of Trust)

Outra ferramenta útil para verificar a reputação de uma página é a extensão WOT (Web of Trust). Ela é um plug-in para o navegador do seu celular ou computador que revela, sempre quando você visitar uma página, as experiências de outros usuários ou clientes nela. Isso confere maior confiabilidade ao longo do processo.

Powered by Rock Convert

4.   Confie no Google

Um método prático de análise de segurança e de confiança é avaliar o rankeamento de uma página no Google. O posicionamento no buscador é definido a partir de uso, de confiabilidade, de visibilidade e de qualidade do conteúdo oferecido pelo endereço em questão.

Aliás, se for uma página comercial e de vendas online, muito provavelmente o Google apresentará uma lista de produtos e de dados físicos do estabelecimento para a clientela comprar online.

5.   Dê uma olhada no relatório de transparência

O Google também disponibiliza uma excelente ferramenta de transparência para investigar a segurança de uma página. Basta acessar e inserir o endereço duvidoso, que o Transparency Report dirá se há algo de errado ou não com aquele site.

6.   Não clique em anúncios e em click baits

Evite clicar em anúncios inconvenientes e que não têm relação direta com o tema da página de visita. Exemplos comuns são pop-ups, avisos de segurança, promoções exageradas, gifs de relacionamentos, encontros amorosos ou sexuais.

Atenção! Eles podem surgir mesmo quando a página visitada é a correta, pois hackers conseguem mudar a aparência e os links dos anúncios ali apresentados.

7.   Compre apenas por meio de conexões seguras

Evite inserir dados pessoais em páginas ao se conectar por meio de redes de Wi-Fi públicas. Mas, se não houver outro jeito, dê preferência para a forma de pagamento via boleto bancário, pois ela não exige detalhes da conta bancária.

8.   Verifique os protocolos

Veja se é exibido o protocolo HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure) ou HTTP (Hypertext Transfer Protocol) em páginas que exigem login, senha e dados pessoais ou de pagamento.

Para tanto, confira se a barra de endereço do navegador mostra um pequeno cadeado à frente do link e se esse inicia com sigla https://.

Além do HTTPS, o certificado SSL\TLS é também uma prova de site confiável. Esse certificado cria uma chave criptográfica de acesso à informação, o que garante a troca confiável de registros.

9.   Clique nos certificados de segurança

Tudo parece em ordem, e você decidiu comprar online? Falta ainda averiguar a existência de certificados de segurança. Alguns deles são McAfee, GeoTrust, Google Trusted Store, PayPal, Truste e Norton. Eles devem ser clicáveis, caso contrário, não são verdadeiros.

Faça isso sobretudo quando for executar uma ordem de compra por meio de dados bancários.

10. Atualize seu dispositivo

Mantenha seu aparelho celular, Windows e antivírus atualizados. Isso é importante, pois seu sistema adquirirá detalhes atuais de novas ameaças que perambulam pela web.

11. Atente para os termos de reembolso e de troca

Informe-se sobre as leis de privacidade e os termos de serviço da página, especialmente sobre a política de troca e de reembolso adotada pela empresa.

Apesar de, muitas vezes, ignorarmos essa etapa, ela é sem dúvidas essencial para concluir se aquele produto que você deseja vem de um site confiável.

Antes de comprar online, siga com atenção nossas dicas e tenha certeza de que o site é mesmo confiável. Investigue a visibilidade da página e da empresa e procure pela experiência de outros clientes.

Aliás, uma última dica para verificar se um site é confiável é a página Reclameaqui. Confira se há nela algum relato relativo à fraude, problemas com reembolso ou falha no envio do produto. Dessa forma, você se sentirá seguro o suficiente para adquirir aquela mercadoria que você tanto deseja e realizar suas compras online.

Compartilhe estas dicas de segurança em suas redes sociais e ajuda seus amigos a não cair em uma cilada!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados