fbpx

Internet lenta? Entenda as causas e aprenda a melhorar a conexão

8 minutos para ler
e-book guia wifiPowered by Rock Convert

Sua conexão não está deixando você aproveitar todas as suas séries e jogos preferidos? Não se preocupe! Neste artigo, ensinaremos como deixar a internet mais rápida!

É claro que contratar um bom serviço de telecomunicação é fundamental, mas existem outros fatores que podem estar comprometendo a qualidade da sua navegação.

Quando algum site demora a carregar, um vídeo pausa no meio da reprodução ou seus jogos começam a ficar com ping alto, a primeira solução que você encontra pode ser ligar para a operadora, mas a causa, muitas vezes, pode estar no próprio local.

A seguir, vamos listar algumas possíveis causas para esses problemas e indicar o que você pode fazer para resolvê-los de forma rápida e até definitiva. Confira!

Roteador mal posicionado

Quando a internet está lenta, uma das primeiras coisas a se fazer é conferir a localização do seu roteador Wi-Fi. Quanto mais longe estiverem os dispositivos conectados ao aparelho, menor será a intensidade do sinal. Além disso, paredes, objetos opacos e grandes, ambientes úmidos e espelhos podem interferir no sinal, diminuindo as “barrinhas” no display dos seus dispositivos.

Isso acontece porque o sinal Wi-Fi é como uma onda de rádio e, por isso, sofre mudanças de acordo com a distância, os obstáculos e as condições do local. Sendo assim, é essencial que o roteador seja colocado em uma posição central na casa ou estabelecimento, preferencialmente onde a maior parte dos dispositivos conectados serão utilizados.

Uma boa opção é em uma parte alta da sala de estar. Dessa forma, o modem fica a uma distância equivalente dos cômodos da casa e não recebe interferência dos móveis, mas isso dependerá da arquitetura do seu imóvel.

Caso a sua empresa ou casa necessite de uma cobertura maior, considere o uso de repetidores de sinal ou a instalação de sistemas de distribuição mais robustos como a tecnologia MESH, que distribui o sinal de maneira inteligente entre vários nós (pontos de acesso), eliminando as “zonas mortas” e as frequentes reconexões percebidas ao transitar pelo local.

Excesso de usuários

Se a posição do seu roteador está adequada e sua rede continua apresentando lentidão, é possível que existam muitos aparelhos disputando o sinal. Nas residências modernas, vários dispositivos inteligentes costumam se manter conectados, como Smart TVs, ar-condicionado e assistentes virtuais.

O mesmo acontece quando você recebe muitas visitas ou quando muitos dispositivos são utilizados ao mesmo tempo em uma empresa. Se há um problema na distribuição do sinal, pode ser necessário utilizar roteadores mais robustos (com mais antenas, por exemplo) ou providenciar instalações mais adequadas para ambientes corporativos.

Firmware desatualizado

Firmware é o conjunto de instruções operacionais presente no hardware (componentes físicos dos equipamentos digitais) cuja função é definir e controlar as funções básicas dos aparelhos. Em um modem ou roteador, o firmware é imprescindível para que o serviço de internet funcione e sua conexão se mantenha estável e segura.

Esses dados são frequentemente atualizados por três razões principais:

  • cobrir brechas de segurança: com o passar do tempo, invasores podem descobrir meios de acesso ao dispositivo;
  • corrigir erros: eventualmente, falhas podem ser detectadas no funcionamento do aparelho, exigindo que o fabricante providencie reparos;
  • receber novas funções: atualizações podem trazer novas funções ao dispositivo, assim como tornar as suas funções mais eficientes.

Em aparelhos antigos, a única maneira de providenciar a atualização do dispositivo era acessando suas configurações, o que pode ser um processo complexo para usuários leigos, sobretudo porque muitos fabricantes não disponibilizam seus serviços em português.

No entanto, os modelos mais recentes geralmente realizam suas atualizações automaticamente, assim como muitas operadoras fazem esse tipo de procedimento sem que o usuário perceba.

A questão é que algumas atualizações exigem que o aparelho seja reiniciado, e é por isso que as assistências técnicas frequentemente recomendam que seus clientes desliguem seus modens e roteadores por alguns segundos quando algum problema é relatado.

Vírus nos dispositivos conectados

Além de interferirem no funcionamento dos seus dispositivos, softwares maliciosos podem ser instalados em modens e roteadores causando problemas variados, desde lentidão na navegação até roubo de senhas e arquivos.

plano de internetPowered by Rock Convert

Configurações de segurança incorretas, aparelhos de má qualidade e, principalmente, drivers desatualizados podem tornar a sua conexão vulnerável a vírus e falhas. Sendo assim, além de manter seu aparelho atualizado, é recomendável investigar possíveis “infecções”.

Alguns antivírus gratuitos do mercado conseguem verificar a presença de arquivos maliciosos em modens e roteadores, assim como muitas operadoras oferecem esse tipo de proteção a partir das suas próprias centrais.

O mais importante, porém, é garantir que seu modem e seu roteador sejam configurados de maneira adequada, cumprindo todas as medidas de segurança orientadas pelo fabricante e pela sua operadora de internet. Além disso, é importante certificar que os dispositivos que serão conectados à sua rede também estejam livres de ameaças.

Problemas com o servidor DNS

Os servidores DNS são centrais computacionais que armazenam endereços IP públicos e seus respectivos domínios. O IP, ou Protocolo de Internet, é o número de identificação dos aparelhos que estão conectados à internet, e os domínios são os endereços que você digita no navegador quando deseja acessar um site.

Sem eles, a única maneira de acessar uma página na internet seria digitando uma longa sequência numérica e a velocidade da troca de informações seria bastante lenta. Mas se uma das principais funções dessas centrais é deixar a internet mais rápida, por que, às vezes, elas parecem fazer justamente o contrário?

O problema é que, ao contratar um plano de internet, seu computador é configurado automaticamente para utilizar o endereço DNS disponibilizado pela operadora, cuja estrutura pode oferecer uma capacidade de processamento limitada ou estar comprometida pelo alto volume de acessos.

Nesse caso, a solução não poderia ser mais prática: basta trocar o servidor DNS. O procedimento pode variar de acordo com o seu sistema operacional, mas, normalmente, tudo pode ser feito acessando as configurações de rede do seu computador. O endereço DNS mais recomendado é o do Google (8.8.8.8 e 8.8.4.4.)

Dispositivo sobrecarregado

Mais uma vez, o problema pode estar no próprio dispositivo. Nos computadores, os sistemas operacionais costumam baixar atualizações constantemente, assim como os aplicativos do seu smartphone.

Além disso, esses dados e aplicações podem afetar a memória do seu aparelho e comprometer o seu limite de armazenamento. Por isso, verifique se seu computador está realizando algum processo e evite manter aplicativos que não usa no seu celular.

Se nada disso funcionar, há como deixar a internet mais rápida simplesmente providenciando uma limpeza no seu navegador. Esses softwares geralmente guardam dados de uso em cache para melhorar a navegação em sites, mas quando esse “depósito” é saturado, ele pode afetar a navegação.

Então, limpe o cache do seu navegador regularmente acessando suas configurações — mas lembre-se de que esse procedimento pode deslogar suas contas de e-mail e rede social, além de apagar dados pessoais e senhas.

Não contratar a banda larga ideal para você

Ao contratar um serviço de internet, é muito importante que todas as necessidades de quem vai utilizar a rede sejam levadas em consideração. Tempo de uso (se é constante ou sazonal), propósito (se é destinado a trabalho ou lazer), número e perfil dos usuários e dispositivos utilizados são alguns dos fatores que devem ser verificados.

As novas tecnologias e o comportamento superconectado do público atual estão aumentando a demanda por conexões velozes. Depois dessa análise, se você chegou à conclusão de que sua internet lenta é reflexo do seu serviço de banda larga, planos com fibra óptica podem ser a solução que você procura.

Essas são as razões mais comuns para a lentidão na navegação online, no entanto, existem vários outros problemas capazes de comprometer a velocidade da sua conexão.

Na dúvida, a melhor saída é acionar o suporte do seu provedor. Por isso, é fundamental dar preferência para empresas com boa reputação e que oferecem um atendimento de qualidade para seus clientes.

Agora que você já sabe como deixar a internet mais rápida, que tal compartilhar essas informações com seus amigos nas redes sociais? Assim eles também saberão como solucionar eventuais problemas com a conexão!

ebook_conheçaavalenetPowered by Rock Convert
Posts relacionados