fbpx

Conheça 4 tipos de backups e como escolher o melhor para sua empresa

6 minutos para ler
e-book guia wifiPowered by Rock Convert

Quando se fala em redundância de segurança na área de tecnologia, principalmente voltada aos tipos de backup, há um ditado certeiro que diz “quem tem um, não tem nenhum, e quem tem dois tem apenas um”.

Isso porque, você só utiliza a redundância caso seja realmente necessário, o que impossibilita sua análise mais detalhada, uma vez que as informações estão todas armazenadas e sem utilização.

Entenda assim, se você não usa um backup, não consegue identificar os erros e então não pode corrigi-los. Assim, caso tenha algum problema que necessite do backup, e este apresente algum erro, você só saberá quando for utilizar, logo, será tarde demais.

Por isso, é preciso trabalhar com tipos de backup distintos, para poder minimizar esses riscos e resguardar, se necessário, a redundância dos seus sistemas, aplicações e afins.

Para facilitar mais o processo de escolha dos backups da sua empresa, confira este post, veja alguns dos 4 tipos mais usuais e saiba um pouco mais sobre as suas particularidades!

1. Doméstico: o armazenamento mais simples

O armazenamento doméstico é a modalidade de backup mais simples e eficiente, isso porque consiste em arquivar no local todos os arquivos e aplicações vitais, mantendo a segurança da empresa.

Assim, no caso de um negócio pequeno, como uma empresa MEI ou trabalho Home Office, onde o investimento em um sistema de backup não é uma opção mais prática, basta armazenar as informações em mídias, por exemplo, pendrives ou até mesmo em um HD externo, salvando os arquivos mais importantes.

Mas é primordial manter uma rotina de armazenamento, revisar as pastas e atualizar tudo a cada novo ciclo. Isso é essencial já que esse modelo é bastante vulnerável a erros devido à falha humana. Outra atenção especial é necessária na verificação da capacidade de armazenamento de cada mídia, antes de iniciar um novo salvamento.

Aqui, vale informar que se trata do modo mais seguro entre todos os tipos de backup, porque você será responsável por realizar os processos, além de armazenar as mídias. Logo, isso faz de você o único gerenciador das cópias, reduzindo os riscos com a intervenção de um terceiro nos processos.

2. Nuvem: o mais seguro entre os tipos de backup

O armazenamento em nuvem é muito útil e um dos mais usuais do mercado, principalmente por não necessitar de um espaço físico para salvar os dados, como ocorre com as mídias no caso de backup doméstico.

No entanto, a limitação fica por conta da velocidade da internet, ou seja, da transmissão dos dados. Nesse sentido, se contar com uma velocidade alta e conexão estável, não haverá grandes problemas, possibilitando, inclusive, salvar os novos arquivos em tempo real. 

Agora, caso a internet seja instável ou lenta, esse processo pode roubar banda, o que dificulta a utilização dos demais serviços que dependem da conexão.

Além disso, como se trata de um armazenamento externo, os níveis de segurança são mais baixos que os backups físicos, já que o sistema está sujeito a falhas, ataques e invasões. Por isso, antes de pensar em um armazenamento em nuvem, é necessário se atentar à reputação da empresa que presta o serviço.

Powered by Rock Convert
Armazenamento na nuvem

Felizmente, as pessoas estão mais familiarizadas com a internet e o backup já é uma rotina habitual de muitos usuários de smartphone, por exemplo, o que deixa ainda mais simples a utilização das suas ferramentas. Assim, como suas aplicações e necessidades são relativamente fáceis, não é preciso contratar uma grande empresa para gerenciar o backup na nuvem. 

Atualmente, existem vários serviços intuitivos que ajudam na gestão da empresa e são parcialmente gratuitos, dentre eles: Dropbox, OneDrive, Google Drive, iCloud e o MEGA.

3. Diferencial: arquive apenas os dados modificados

Neste tipo de backup, todos os dados da empresa são armazenados uma vez, logo, uma cópia de segurança é feita a cada ciclo, onde modifica apenas os arquivos que estão diferentes da primeira versão, por isso o nome “diferencial”.

Trata-se do modelo indicado para empresas que não têm grandes atualizações, sem a necessidade de despender parte da banda de conexão para a transferência dos arquivos.

O backup diferencial é uma modalidade de armazenamento que necessita de um prestador de serviços intermediário. Assim, é uma opção mais atraente para empresas de médio porte. 

Outra limitação fica por conta do “peso” de volumes dos arquivos, que costuma ser grande em empresas maiores, o que torna o serviço muito caro e desvantajoso quando comparado com outros modelos de armazenamento.

4. Incremental: realize o armazenamento em tempo real

Para empresas de grande porte, com um volume de dados trafegados mais alto e dinâmico, o backup incremental representa a melhor relação custo-benefício. Isso acontece já que o local costuma ter uma conexão rápida e estável

Esse detalhe possibilita a transmissão e armazenamento dos dados em tempo real, assim que eles são modificados ou um novo é criado. Além disso, essa modalidade de backup pede investimento maior em gerenciamento, mas compensa na economia de banda e desempenho do sistema, o que reduz o espaço gasto com disco.

Por fim, basta escolher entre os tipos de backup e quais se encaixam melhor em suas necessidades. Para isso, é preciso considerar o porte da empresa, possibilidade de investimento, quantidade de dados armazenados e tecnologia disposta.

Tipos de backup

Ainda, mesmo com os modelos exemplificados aqui, é essencial salientar que, periodicamente, é recomendável o armazenamento de um backup completo. Portanto, salve todas as informações arquivadas, sejam novas, modificadas ou já armazenadas.

Mas para o backup completo é importante que você tenha realizado o tipo de armazenamento usual, agendando uma janela para a sua realização. Além disso, de preferência, contrate uma empresa de TI especializada neste tipo de serviço, para garantir que seus dados não serão comprometidos.

Como você pode notar, existem muitos tipos de backup disponíveis no mercado. Então, ao conhecer melhor sobre eles, já pode escolher aquele que é mais adequado para o seu negócio.

Caso queira mais informações sobre como ter uma conexão mais rápida e segura, você está no lugar certo! Temos diversos artigos com explicações mais detalhadas sobre esses e outros assuntos. Para saber mais, basta acompanhar o nosso blog

ebook_conheçaavalenetPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Posts relacionados